Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Travel is always a good idea

Travel is always a good idea

Villefranche-sur-Mer - 1 dia no paraíso da French Riviera

Na minha viagem pela a Riviera Francesa, um dos dias que mais gostei foi a nossa ida a Villefranche-sur-Mer ou simplesmente Villefranche. Uma cidade muito próxima de Nice, diria até uma das mais bonitas cidades para fazer praia e passear num dia de verão, com uma beleza de outro mundo e reconhecida por muita gente como tendo uma das baías mais bonitas do mundo. Não é difícil chegar a Villefranche, de carro talvez seja a mais stressante porque envolve encontrar um parque para estacionar e pagar o mesmo, mas é muito fácil chegar de comboio ou de autocarro. Nós fomos desde Nice num autocarro que faz o circuito várias vezes ao dia e que tem uma paragem no centro da cidade, junto ao posto de turismo. 

 

1.JPG

 

2.JPG

 

A cidade em si é pequena e acolhedora, na zona do centro perto das zonas que levam ao mar todas as ruas são estreitas, num sobe e desce fácil de caminhar, as casas são simples e mais rústicas, por todo o lado há restaurantes e lojas de recordações. Esta arquitetura simples fez-me lembrar muito a simplicidade de certas cidades italianas e não é de espantar, todas as cidades da Riviera francesa estão muito próximas da fronteira com Itália, então é natural sentir uma mistura de arquiteturas.

 

3.JPG

 

4.JPG

 

Villefranche é uma cidade cheia de surpresas, é lá que fica uma das casas mais caras do mundo, que é chamada de Villa Leopolda, pertence agora a um bilionário e assim foi ao longo dos últimos anos, começando por ser a residência do Rei belga, Leopoldo II. Eu não fiquei admirado, escolheria aquela cidade e zona para viver caso fosse milionário, não tenho dúvidas. Mas há muito mais para ver, a fortaleza Citadelle Saint-Elme que têm uma vista privilegiada para a baía de Villefranche e que foi construida no século XVI perto do porto marítimo. Toda a zona centro remonta também a esses séculos daí se explica a sua arquitetura mais simples. E claro se estiver de carro faça uma passeio entre o Cabo de Nice e o Cabo Ferrat, onde poderá ver paisagens únicas e deslumbrantes.

 

5.JPG

 

6.JPG

 

Ao descer pelas ruelas encontramos vários restaurantes, sendo que para mim os mais bonitos são junto da baía quase a chegar à praia, onde se encontra facilmente sandwiches, pizzas e todo o tipo de comida. Para saborear ainda mais o nosso clima de relax e sossego, optámos por umas saladas que apetece sempre no verão e eram divinais. Posso dizer que foi a melhor salada que alguma vez comi e espero mesmo um dia repetir a experiência.

 

7.JPG

 

8.JPG

 

Durante todo o dia reparei em vários cruzeiros a entrar na baía, estar por lá algum tempo e sair, chamou-me a atenção porque fazer um cruzeiro pelo mediterrâneo deve ser uma experiência espetacular e depois ainda visitar locais como a baía de Villefranche deve ser um momento muito especial. E mesmo não se fazendo um cruzeiro de muitos dias há os tradicionais passeios de um dia com embarque em Villefranche-sur-Mer, Nice, Cannes e Mónaco e claro a possibilidade de ver cidades como Eze, Antibes, Grasse, Saint Jean Cap Ferrat e outros locais magníficos.

 

9.JPG

 

10.JPG

 

E deixei para o fim o melhor, a Plage des Marinières, pequena praia, digo pequena porque é grande a quantidade de gente que quer aproveitar aquele paraíso, mas não perdeu o seu encanto, pelo contrário foi uma tarde de praia inesquecível. As águas cristalinas e calmas, o sossego possível de famílias e casais a aproveitar o bonito dia de sol que fazia se sentir. Algumas zonas são de pedras mas conseguimos espaço junto à areia e próximo do mar o que foi ótimo. Um conselho, leve óculos de mergulho e aproveite a baía que é incrivelmente profunda e não parece ! Tudo isto tornou o nosso passeio por Villefranche inesquecível e voltava já ! 

 

11.JPG

 

12.JPG

 

 

Boa viagem !

 

Booking.com

 

To be continued...

 

Cap d'Ail - A bonita caminhada até à Baía de Saint-Laurent

Durante a minha estadia na Côte d'Azur durante vários dias fomos passear a vários locais ao redor de Nice, alguns de carro e outros fomos de comboio que atravessa toda a linha costeira e torna fácil mesmo para quem não tenha carro descobrir as belezas daqueles locais. Num belo dia de sol fomos de carro até à zona de Cap d'Ail.

 

1.JPG

 

2.JPG

 

A cidade de Cap d'Ail, que significa em português Cabo do Alho, é uma pequena cidade francesa na Riviera Francesa, situada no lado direito de Nice e faz fronteira com o Mónaco. Não é um local grande, mas apresenta uma linha costeira deslumbrante com diversas zonas e miradouros no cimo de grandes penhascos e também várias zonas públicas de banhos na zona costeira.

 

3.JPG

 

4.JPG

 

Curiosamente fomos estacionar o nosso carro num local muito próximo à Gare Cap d'Ail, o que confirma que este passeio era facilmente acessível a turistas livres de carros. Toda a zona de Cap d'Ail têm a particularidade de ter muita vegetação, o que na minha opinião a diferencia de grandes centros urbanos, ali a qualidade de vida aumenta na minha opinião, respira-se um ambiente calmo e pacifico, respira-se ar puro.

 

5.JPG

 

6.JPG

 

Após atravessarmos o túnel que passa debaixo da estação de comboios, encontramos a zona pedonal Sentier du Bord de Mer, que percorre toda a zona costeira e é acessível a todos. A primeira paragem foi junto à Plage Gramaglia, uma praia em miniatura, porque depende do nível da água e rodeada de rochas com água de um cristalino muito bonito. Apesar do calor intenso quase ninguém lá estava a fazer praia, talvez porque ainda não tínhamos chegado ao highlight de Cap d'Ail.

 

7.JPG

 

8.JPG

 

Ali naquela zona começámos uma caminhada muito prazerosa, num caminho bem construído e cuidado, do nosso lado esquerdo o bonito mar mediterrâneo e do esquerdo vária vegetação e flores. Todo o caminho pedonal da Sentier du Bord de Mer assim está. Passado alguns minutos alcançamos o Cap Mala, que é o cabo de cap d'ail onde a paisagem muda, começamos finalmente a perceber onde vamos fazer praia e o destino paradisíaco que se aproxima.

 

9.JPG

 

10.JPG

 

Após passar o Cap Mala começa um sobe e desce junto ás rochas, contornando todo o cabo até chegar à Plage Mala, que é uma lindíssima praia de areia branca, água quente e cristalina que convida a banhos. Aconselho vivamente a levar tempo para aproveitar a praia porque vale a pena estar num local tão bonito. A zona contrária à nossa direção tem vários penhascos que criam um ambiente diferente, a praia tem vários bares e restaurantes para se refrescar, casas de banho públicas e vestiários. E ainda há várias embarcações que se podem pagar para fazer ali alguns percursos rápidos na zona da costeira.

 

11.JPG

 

12.JPG

 

A Baía de Saint-Laurent que abraça a Praia Mala e toda a zona montanhosa é um must-do na Riviera Francesa, de uma beleza incrível principalmente na primavera e verão, e que é também acessível através das traseiras da praia. De qualquer forma acredito que o passeio na zona pedonal vale a pena e é muito bonito. Fiquei muito surpreendido com a beleza de Cap d'Ail, conquistou-me. 

 

13.JPG

 

14.JPG

 

 

Boa viagem !

 

Booking.com

 

To be continued...

 

Èze - Viagem à jóia medieval da Côte d'Azur

A minha viagem em 2016 pela Riviera Francesa, não foi muito planeada uma vez que era um encontro de primos e estaríamos à deriva e seguindo a nossa guia a trabalhar em Nice. Por esse motivo, a nossa viagem até Èze tenha tido um especial encanto por não saber o que esperar, fizemos um percurso rápido de carro entre Nice e ao longe começámos a avistar a bela vila de Èze.

 

1.JPG

 

2.JPG

 

A vila de Èze-sur-Mer, carinhosamente apelidada de Èze, é uma vila medieval muito bem preservada e apesar de estar no alto de umas das muitas montanhas da Costa Azul de França é na minha opinião um tesouro ainda um bocadinho escondido. Claro que não a visitámos sozinhos, havia muitos turistas, mas não tantos quanto esperaria encontrar.

 

3.JPG

 

4.JPG

 

A cidade de Èze e a sua origem remonta ao século IV, sendo que os primeiros registos históricos de Èze remontam ao período medieval, como é óbvio de perceber dada à sua localização no cimo da montanha, difícil de ser atacada por outros povos. Hoje em dia, a vila revela-se no seu esplendor, com ar medieval que lhe dá um certo charme e uma vista espetacular sobre o mar mediterrâneo e toda a costa e montanha da Riviera francesa.

 

5.JPG

 

6.JPG

 

Mesmo para quem chega a Èze de carro, há vários locais seguros para poder estacionar e depois subir até à entrada principal. A vila apresenta hoje em dia vários restaurantes, entre eles o famoso La Chevre D'or, com uma entrada medieval e misteriosa. E depois há muitas lojinhas, bares e alguns hotéis todos eles muito românticos e como seria de esperar bastante caros, mas promissores enquanto experiência de dormir numa vila tão encantadora como Èze mostrou ser.

 

7.JPG

 

8.JPG

 

Desde a zona costeira até ao topo de Èze há um percurso pedestre que se pode fazer, a Trilha Nietzsche, não feito para mim que seria uma aventura massacrante e principalmente não aconselho no verão dado o calor que se faz sentir. O nome da trilha é uma homenagem ao famoso filósofo alemão que por ali passou algum tempo e escreveu parte das suas obras, inclusive há várias estátuas em sua homenagem.

 

9.JPG

 

10.JPG

 

No topo de Èze, que foi a zona que principalmente visitámos e que também se pode chamar de Èze village sendo o ponto mais alto a 420 metros de altura pode-se passear através de casas medievais e ruelas, sempre a subir e descer e visitar as ruínas do antigo castelo medieval, perfumarias famosas como a Fragonard, a Igreja de Èze e um bonito jardim exótico com vários trilhos, espécimes de catos e outras plantas exóticas, vale a pena entrar.

 

11.JPG

 

12.JPG

 

 

Boa viagem !

 

Booking.com

 

To be continued...

 

Sou o Ricardo Costa

28 anos

Optometrista em Full-time

Viajante em Part-time

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Reservar hotel ?

Booking.com

Alugar carro ?

Por onde andei ?

ALEMANHA







FRANÇA













INGLATERRA



ITÁLIA









PORTUGAL



VATICANO



SUIÇA




RUBRICAS



Comentários recentes

  • Serrão

    Obrigado eu pela partilha destas viagens e por nos...

  • Ricardo Costa

    Olá! Visitar a Riviera Francesa foi espetacular e ...

  • Serrão

    A Riviera Francesa é mesmo magnífica. Um cruzeiro ...

  • Ricardo Costa

    E tenho para mim que todos os que vivem em Cannes,...

  • Rita

    Eu adoro viver em Cannes! É uma calma imensa de um...

Follow me on Instagram

subscrever feeds

Mais sobre mim

foto do autor