Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Travel is always a good idea

Travel is always a good idea

Amesterdão - Dia 1, o início da aventura

Amesterdão ! O que dizer duma cidade europeia para o qual todos já temos uma ideia prévia ? O que dizer duma cidade ícone cheia de fama e repleta de relatos, experiências e opiniões ? Se calhar começar por dizer que Amesterdão é uma cidade com um potencial enorme turístico, que permite diferentes perfis de turismo e todos eles terminarem com excelentes recordações. Vou começar pelo fim, Amesterdão é uma cidade a voltar, sem dúvidas.

 

27 - amesterdão (2).jpg

 

27 - amesterdão (3).jpg

  

A minha viagem antes de chegar a Amesterdão começou por Frankfurt e Limburg, cidades alemãs, o que me fez criar uma rota entre o aeroporto de Frankfurt Main até ao aeroporto Schiphol em Amesterdão, que fiz através da transportadora aérea KLM e para o qual o preço foi 115€, a viagem correu muito bem e a chegada ao aeroporto também. O aeroporto de Amesterdão é talvez um dos mais simples e de fácil orientação para passageiros onde já estive. Há placas informativas em inglês por todo o lado, como por exemplo a indicar a zona de táxis, autocarros e comboios. E foi o que fiz, entrar num comboio que me levou até à estação central de Amesterdão, com duração de vinte minutos e que custou aproximadamente cinco euros. Não há qualquer tipo de problema até aqui, o percurso entre o centro e o aeroporto é feito dezenas de vezes por dia, dado o fluxo turístico.

 

27 - amesterdão (4).jpg

 

27 - amesterdão (5).jpg

( Eye Film Museum )

 

Quando cheguei à estação central e saí à rua a primeira sensação que senti, cliché ou não, foi uma suave brisa a "erva". É do conhecimento de toda a gente que a Holanda é conhecida pela legalização de drogas leves, especialmente em Amesterdão onde é possível comprar em coffe shops todo o tipo de bolinhos, ganza e todo o tipo de droga considerada leve. É na teoria proibido na rua, embora seja habitual ver um pouco por todo o lado. O mesmo não acontece com o álcool, na qual a policia faz um controlo altíssimo e o consumo é proibido nas ruas. E claro, drogas pesadas como LSD, cocaína, heroína entre outras são de venda e consumo proibido mas como em qualquer outro lugar do mundo, quem quer encontrar, encontra.

 

27 - amesterdão (6).jpg

 

27 - amesterdão (7).jpg

 

Após o impacto inicial de estar a conhecer uma nova cidade e especialmente uma cidade com tanta fama, percorri o caminho a pé até ao meu hotel que ficava, nada mais nada menos, que na famosa Red Light District. Fiquei alojado no Hotel Torenzicht, um hotel de duas estrelas mesmo em frente ao Theatre Casa Rosso, uma das muitas casas de animação noturna naquela zona. Quando entrei fui recebido por uma mulher toda tatuada e com aspeto tão duvidoso no que eu achava ser um bar, ou seja, a recepção do hotel é de facto um bar durante o dia e especialmente à noite. Foi mesmo em frente de todos os que por lá estavam a beber que ela larga um "Welcome to Amsterdammm !" num inglês puxado, arranhando os "r" e com um sotaque que me deixou a sorrir. Puxo da carteira para pagar a estadia e digo "You can check", e ela vira-se muito rápido e diz " Of course... I don't trust you !". Voltei-me a rir e lembro-me de pensar, "isto vai ser bonito vai ! ".

 

27 - amesterdão (8).jpg

 

27 - amesterdão (9).jpg

 

A Red Light District é uma zona no centro de Amesterdão, que é sobejamente conhecida pela legalização da prostituição e que cresceu nos últimos anos com diferentes negócios relacionados com sexo, como sex-shops, clubs de strip e teatro para adultos. O nome de Red Light é originária das luzes néon características destes locais e de facto faz juz ao nome, por todo o lado há letreiros néon e luzes garridas, o que dá bastante cor ao local durante a noite. Uma vez que o hotel era lá, passei por lá diversas vezes, de dia uma zona absolutamente calma e normal, há noite o centro da agitação, sendo um dos locais na minha vida onde vi mais turistas e locais a circular ao mesmo tempo, uma verdadeira enchente. 

 

27 - amesterdão (10).jpg

( Teatro Casa Rosso )

 

27 - amesterdão (11).jpg

 

Em relação à Red Light District e ao que se pode encontrar lá, é simples, a maioria das ruas têm janelas onde as mulheres estão de lingerie à espera de clientes. Se alguém quer entrar, abrem a porta negoceiam preços, entra e uma cortina fecha a janela. Lá dentro o final da história é dedutível. Claro que isto para qualquer turista é um chamariz de atenção então é natural ver muita gente parada a ver, embora seja obviamente proibido tirar fotografias. E para mais diversão há dezenas de bares, discotecas e restaurantes para prolongar a noite. Mas atenção a noite por lá em relação por exemplo a Portugal termina cedo, por isso é habitual ver bares e outros locais a fechar à 1h da manhã. Uma curiosidade sobre a Red Light é que nem só de mulheres bonitas existe, há também muitas janelas com homens, transexuais, obesos, mulheres mais velhas e algumas dessas janelas costumam ter outras cor diferente do vermelho, geralmente é azul.

 

27 - amesterdão (12).jpg

 

27 - amesterdão (13).jpg

 

Costumo dizer que Amesterdão é uma cidade que pode agradar de várias formas cada pessoa, há tanta possibilidade para gostar de viajar e passear naquela cidade. O melhor que pode ser feito é aceitarmos a diferença e gozar da experiência se assim quisermos, se não lhe interessa passear pela Red Light District, há dezenas de museus, jardins e locais a não perder por lá. E agora a pergunta que tanta gente me fez quando regressei de viagem: E então experimentaste os brownies ? Sim experimentei ! Não os achei nada de espetacularmente mágico, não alucinei nem fiquei mocado mas porque sou um rapaz ajuizado ( LOL ). Mas não fiquem tristes se quiserem se divertir à grande não vos falta opções. 

 

27 - amesterdão (14).jpg

 

27 - amesterdão (15).jpg

 

 

Boa viagem !

 

Booking.com

 

To be continued :)

Weilburg - Uma viagem ao Castelo Renascentista

Com a nossa passagem pela cidade de Limburg que falei no post anterior, aproveitámos e demos um pulo até Weilburg. A cidade de Weilburg pertence ao distrito de Hesse e claro fica muito próximo de Limburg. Na realidade é uma cidade bastante parecida porque também é construída com as típicas casas alemães com diversas vigas de madeira, bem cuidadas e diferentes das casas portuguesas. Toda a cidade é muito calma, pouco visitada e por isso há poucos turistas e muitos locais.

 

26 - weilburg (2).jpg

26 - weilburg (3).jpg

 

O mágico Castelo de Weilburg é um dos mais bem preservados castelos da época renascentista na Europa e a sua dimensão é tão larga que atravessa quase toda a zona central da cidade. Os turistas podem explorar toda a zona dos jardins, a zona envolvente do castelo e até é possível fazer uma visita guiada mas apenas com um guia local e na língua alemã, o que nos fez não visitar. Durante o verão o castelo é utilizado para alguns concertos de musica clássica, portanto fica a dica!

 

26 - weilburg (4).jpg

 

26 - weilburg (5).jpg

 

Uma curiosidade sobre Weilburg e a Alemanha no geral é que aparentemente há ursos em todo o lado, literalmente. Desde as minhas primeiras visitas a este país, passando por Hamburgo e Berlim, que reparei que havia muitos ursos, um pouco por todo o lado, até mesmo em recuerdos, mas sempre pensei que estivesse ligado à pronuncia de Berlim ser parecido a bear, urso em inglês. Mas só mais tarde descobri que nada tem a ver com isso. A realidade é que o urso que existe na bandeira de Berlim vem do cognome "o urso" dado ao Rei Albrecht I, que viveu durante o século XI. E é esse o motivo até aos dias de hoje para se ver tantos ursos na Alemanha. 

 

26 - weilburg (6).jpg

 

26 - weilburg (7).jpg

 

A zona onde passámos mais tempo foi no jardim do castelo que desde 1700 é arranjado e variado para surpreender os turistas e os cidadãos de Weilburg, com uma vista sobre a cidade muito bonita e várias escadarias e terraços com diferentes decorações florais e estátuas envolventes. Este passeio pelos jardins e uma visita por Weilburg proporciona um passeio calmo e relaxante que não vai querer perder se estiver por perto.

 

26 - weilburg (8).jpg

 

26 - weilburg (9).jpg

 

26 - weilburg (10).jpg

 

 

Onde faço as minhas reservas ?

 

Booking.com

 

Boa viagem !

 

Sou o Ricardo Costa

28 anos

Optometrista em Full-time

Viajante em Part-time

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Reservar hotel ?

Booking.com

Alugar carro ?

Por onde andei ?

ALEMANHA













FRANÇA















HOLANDA



INGLATERRA



ITÁLIA









MÓNACO



PORTUGAL





VATICANO



SUIÇA




RUBRICAS



Comentários recentes

  • Ricardo Costa

    Obrigado | thank you 😊

  • Anónimo

    Nice pictures!

  • Rita

    Desses locais já só me falta o Cap D'Ail antes de ...

  • Serrão

    Obrigado eu pela partilha destas viagens e por nos...

  • Ricardo Costa

    Olá! Visitar a Riviera Francesa foi espetacular e ...

Follow me on Instagram

subscrever feeds

Mais sobre mim

foto do autor